Douglas Batista
 
Destaques
  Colunistas
Curta nossa página
  Publicidades

 

Fonte:Blog Douglas Batista/Publicidade
( )

No próximo domingo, dia 26 de novembro, Luís Eduardo Magalhães participará de um movimento nacional liderado pelo Hospital de Câncer de Barretos, especializado no tratamento de crianças e adolescentes que sofrem da doença. É a “Caminhada Passos que Salvam”, que além de chamar a atenção para a importância do diagnóstico precoce, a fim de aumentar as chances de cura, está arrecadando recursos para a manutenção dos serviços da instituição. Com o apoio da Prefeitura, estão sendo vendidos kits compostos por uma camiseta, uma “sacochila” e um boné, que custam R$ 35. Os interessados em colaborar devem se dirigir aos pontos de venda montados na Prefeitura, Centro Cultural, Hiper Santo Antônio e Kumom.

“A experiência do câncer é difícil para qualquer pessoa, seja acompanhando o sofrimento de um parente próximo ou vivenciando o processo de cura e tratamento. A situação se torna ainda mais delicada quando o paciente é uma criança”, comentou a Secretária de Governo, Katerine Rios, coordenadora da caminhada em Luís Eduardo Magalhães.

A iniciativa do Hospital do Câncer de Barretos e da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães ganha ainda mais importância, com a comemoração do Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil nesta quinta-feira (23). A data tem por objetivo estimular ações preventivas e educativas associadas à doença, promovendo debates sobre as políticas públicas de atenção às crianças com câncer, além de fomentar o apoio aos pacientes e familiares.

O Hospital de Câncer de Barretos, situado no interior de São Paulo, se tornou referência no atendimento a casos de câncer infantojuvenil, realizando 1 milhão e 200 mil atendimentos por ano com pacientes de todo o Brasil, inclusive de Luís Eduardo Magalhães. Em 2016, a edição da “Caminhada Passos que Salvam” foi realizada em 500 municípios brasileiros e arrecadou R$ 6,5 milhões. Em 2017, seiscentas cidades já confirmaram a participação e a expectativa é que haja um aumento de 15% na arrecadação. Para a coordenadora nacional da campanha, Naima Khatib, “o intuito é despertar a população e divulgar para toda a sociedade, quais são os sinais e sintomas da doença, já que eles são facilmente confundidos com os de outras enfermidades menos graves”.

“Focar apenas em tratamento não é mais o futuro, pois o que irá curar mais crianças é garantir o atendimento no estágio inicial do câncer e promover hábitos saudáveis para que elas não desenvolvam a doença”, concluiu o prefeito Oziel Oliveira.

A “Caminhada Passos que Salvam” começará às 7h30. A concentração será em frente ao Centro Administrativo.

Fonte:Blog do Douglas Batista/Ascom Prefeitura Municipal
( )

Foi aprovado na noite desta terça-feira, (21), durante sessão na Câmara de Vereadores, em segunda votação o projeto de lei nº 088 de 2017 de autoria do poder executivo que dispõe sobre a regulamentação da exploração dos serviços de transporte individual de passageiros Táxi e dá outras providencias.

Na prática, com a aprovação desse projeto, serão criadas pouco mais de 20 novas vagas de táxi na cidade. O vereador Silvano Santos, que já tem histórico na luta pela regulamentação dos mototaxistas, também participou da discussão desse projeto.

“Vocês acompanharam a briga que foi com o pessoal do táxi do Jardim das Oliveiras. Corremos atrás do executivo, ele mandou o projeto aqui para a casa, foi aprovado hoje. Agora aguardamos a sanção, para que seja aberta a licitação para escolher os novos táxis e banir quem está irregular e sucateando as classes do mototaxistas, coletivo e taxis”, disse.

O secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito Daniel Álvares falou de como a lei vai facilitar o serviço de fiscalização.  

“Esse projeto é de suma importância para quem mora no Sol do Cerrado, no Vista Alegre, porque é um compromisso que a pessoa vai assumir quando ganhar essa licitação. Porque quando uma mulher entra em trabalho de parto à noite, ela precisa de uma mobilidade para ganhar sua criança em um hospital e o taxista passa a assumir o carro de aluguel e esse compromisso com a sociedade”, afirmou.

Assista: 

Fonte:Por Raquel Santana/Blog Douglas Batista
( )

 

Fonte:Blog do Douglas Batista
( )

No próximo dia 7 de dezembro, acontecerá a tão aguardada audiência pública para discutir o esporte em luís Eduardo Magalhães. A informação foi confirmada durante a sessão realizada na noite desta terça-feira, (21), na Câmara de vereadores.

Nos dias 16 e 17 de dezembro acontece a Copa Oeste de Basquete, mas a quadra do Ottomar, local de treinamento dos atletas continua sem guarda, essa é só uma das reivindicações da categoria, como explica o presidente dos Amigos da Bola Laranja, (ABL), Marcelo Grade.

“Está sem guarda lá, então a gente não consegue realizar os treinamentos. A nossa competição está batendo à porta e até agora estamos sem treinar”, lamentou.

Ainda segundo Grade, durante a audiência, os desportistas devem apresentar a proposta de um calendário que contemple a todos. “A gente quer criar um calendário junto com a secretaria de Esportes, para que possamos andar juntos, todas as modalidades, todas as seleções”.  

O presidente da Liga Desportiva da cidade, Régis Santos disse que os vereadores vão poder ajudar principalmente quando estiverem votando a lei orçamentária.

“Isso sobressai sobre a Câmara de Vereadores ter responsabilidade na hora de votar o remanejamento, principalmente no ano de 2018. Eu percebo que o problema do esporte em Luís Eduardo Magalhães não é orçamentário, porque dinheiro tem, o que acontece é que com as necessidades de outras secretarias, acabam remanejando verbas da secretaria como a do esporte. Hoje nós temos R$ 2 milhões e 800 mil, mas só foi gasto R$ 200 mil, cadê o restante do dinheiro do esporte? ”, questionou.

Victor do Ferro Felho (PDT), líder do governo teve um papel importante nessa articulação e espera que tudo seja resolvido nesse encontro. “A audiência vai acontecer, vamos torcer para que esse plenário lote, que todas as dúvidas do pessoal do esporte sejam tiradas, na esperança de que no ano que vem tudo melhore”. 

Assista: 

Fonte:Por Raquel Santana/Blog Douglas Batista
( )

Nove pessoas envolvidas no esquema criminoso perpetrado no âmbito da Câmara de Vereadores do Município de Correntina foram denunciadas pelo Ministério Público do Estado da Bahia à Justiça. Alvos da operação 'Último Tango', desencadeada pelo MP em outubro, o presidente da Casa Legislativa, Wesley Campos Aguiar, o “Maradona”, e mais cinco vereadores são acusados pelos crimes de peculato, corrupção passiva e por integrar organização criminosa. Além deles, dois servidores públicos e um motorista particular também foram denunciados por peculato e por integrar organização criminosa. As denúncias são assinadas por promotores de Justiça que integram o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), Ana Emanuela Meira, Adalto Araújo Júnior, Fernando Antônio Lucena, Frank Ferrari e Leandro Meira, e pela promotora de Justiça de Correntina, Mariana Libório.

Além do presidente da Câmara, integravam o esquema os vereadores Adenilson Pereira de Souza, o “Will”; Jean Carlos dos Santos, o “Jean da Guarda”; Juvenil Araújo de Souza, o “Babado Pimenta”; Milton Rodrigues de Souza, o “Miltão”; e Nelson da Conceição Santos, “Nelson Carinha”. Isso é o que apontam as investigações, que constataram o envolvimento deles em um esquema de desvio de verbas públicas através de distribuição irregular de cotas de combustível e inserção de “gratificações” nas remunerações de servidores da Casa Legislativa. Os servidores eram cooptados e convencidos a sacar uma parte do montante extra e entregar em espécie ao beneficiário previamente definido pelo grupo criminoso, relata a denúncia. Segundo os promotores, a prática vinha sendo perpetrada desde o ano de 2015 e aconteceu até outubro de 2017. Para isso, os vereadores contavam com a atuação dos servidores Cleuzinete Sales, tesoureira, e Hugo Neves, assistente de Controle Interno, e do motorista particular que recolhia o dinheiro, Erickson Santos (esposo de Cleuzinete).

Os membros do MP também identificaram que, este ano, a Câmara de Vereadores estava gastando mensalmente R$ 14 mil com combustíveis e que o motivo do gasto elevado seria a distribuição indiscriminada de cotas para os vereadores, que incorporavam o crédito aos seus patrimônios pessoais. O presidente da Câmara comandava as ações dos demais, distribuindo combustíveis e benesses, inserindo gratificações indevidas para possibilitar o retorno e coordenando ainda solicitações e exigências indevidas ao prefeito, resumem os promotores de Justiça, ressaltando que os demais vereadores eram beneficiários das vantagens e também ajudavam a dar peso político às solicitações e exigências indevidas.

Solicitação de vantagens ilícitas ao prefeito

A denúncia pelos crimes de corrupção passiva e por integrarem organização criminosa foi apresentada em razão das solicitações e/ou exigências de vantagens ilícitas em prol dos vereadores dirigidas ao prefeito Nilson José Rodrigues, que colaborou com os órgãos de investigação. Segundo apurado, entre fevereiro e outubro de 2017, os vereadores tentaram, por diversas vezes, obter recursos indevidos das contas do Município. Consta na denúncia que eles “solicitaram e/ou exigiram do prefeito valores de toda sorte com o objetivo de incrementar seus rendimentos pessoais, tais como “ 'ajudas de custo' e 'mensalinhos', cotas adicionais de combustível, de medicamentos, em mercados ou simplesmente importâncias que tinham razões específicas”. O MP requereu ainda aplicação de medida cautelar consistente na suspensão do exercício de função pública ou de atividade de natureza econômica ou financeira dos vereadores em razão do receio de sua utilização para a prática de infrações penais, já que eles se valeram dos seus cargos para praticar os delitos e, caso continuem neles, permanecerão com acesso a documentos e testemunhas que podem estar relacionadas aos crimes que cometeram.

Fonte:Blog do Douglas Batista/MP-BA
( )
Polícia Federal cumpre mandados em operação na Bahia nesta quinta-feira (23) (Foto: Divulgação/ PF-BA)

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (23), em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria Geral da União (CGU), a OPERAÇÃO LATERONIS que visa combater crimes de desvio de recursos públicos destinados à área da educação no centro-sul baiano.

São cumpridos nove mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 13 mandados de medidas cautelares e 41 de busca e apreensão na Bahia e em Minas Gerais. Bahia: Barra do Choça, Cândido Sales, Condeúba, Encruzilhada, Ribeirão do Largo, Gandu, Itambé, Jequié, Piripá, Vitória da Conquista, Tanhaçu, Ipirá, Salvador, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Formosa do Rio Preto. Minas Gerais: Mata Verde. A operação conta com a participação de 160 policiais federais e 16 auditores da CGU.

Ao longo das investigações, iniciadas em 2013, foi apurado que três falsas cooperativas que pertenciam a um mesmo grupo, vencedoras de licitações recorrentes, desviavam recursos públicos obtidos através de contratos celebrados com diversos municípios, na área de transporte, sobretudo escolar. Com os dados obtidos foi possível verificar que essas cooperativas serviam apenas de “fachada”, não havendo concorrência entre elas uma vez que as vencedoras eram definidas previamente.

Entre os anos de 2010 e 2016, a organização criminosa investigada obteve aproximadamente R$ 140 milhões em contratos, dos quais teriam sido desviados pelo menos R$ 45 milhões em razão das fraudes apuradas.
Parte dos valores recebidos pelas cooperativas era repassada a servidores públicos, no intuito de corromper agentes políticos e interferir em decisões dos poderes Executivo e Legislativo municipais, além de financiar ilicitamente campanhas eleitorais como forma de se manterem dominantes no poder.

O grupo chegava a decidir os candidatos que concorreriam aos cargos eletivos nos municípios de sua atuação, a formação das coligações locais, o secretariado a ser nomeado pelos prefeitos e até mesmo se as Câmaras Municipais deveriam ou não aprovar as contas do município. Uma espécie de atuação paralela que influenciava decisões públicas a favor de interesses ligados ao esquema criminoso.

Os envolvidos responderão pelos crimes de peculato, organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva e fraude à licitação.

O nome da operação, LATERONIS, é uma referência aos soldados da Roma antiga, que guardavam as laterais e as costas do imperador e que, de tanto estarem ao lado do poder, passaram a acreditar que eram o próprio poder e que podiam atuar de forma impune ao cometerem delitos contra os mais pobres.

Fonte:Ascom PFBA/ Blog Douglas Batista
( )

AJUDANTE GERAL (PCD)
Exclusiva para pessoas com deficiência
Não exige escolaridade
Não exige experiência
Obrigatório possuir disponibilidade para residir em fazenda
01 VAGA

COZINHEIRA
Ensino fundamental completo
Experiência na função
Obrigatório possuir disponibilidade para residir em fazenda
Vaga disponível para casal
01 VAGA

AUXILIAR DE COZINHA
Ensino fundamental incompleto
Desejável experiência na função 
Obrigatório possuir disponibilidade para residir em fazenda
01 VAGA

CAMAREIRO (A) DE HOTEL
Ensino fundamental incompleto
Experiência na função
Obrigatório possuir disponibilidade para residir em fazenda
01 VAGA

CUIDADOR DE IDOSOS
Ensino médio incompleto
Não exige experiência 
01 VAGA

CHAPISTA DE LANCHONETE
Ensino fundamental completo
Experiência na função
01 VAGA

TAPECEIRO DE VEÍCULOS
Não exige escolaridade
Experiência na função
01 VAGA

ANALISTA DE LOGÍSTICA
Ensino Superior em Logística
Experiência com logística de grãos
01 VAGA

EMPREGADA DOMÉSTICA
Não exige escolaridade
Experiência na função
01 VAGA

PREPOSTO (ADMINISTRADOR)
Ensino Superior em Administração, Ciências Contábeis ou áreas afins
Experiência na função
01 VAGA

MOTORISTA DE AUTOMÓVEIS 
Ensino fundamental incompleto
Experiência na função
01 VAGA

MOTORISTA DE MICRO-ÔNIBUS
Ensino fundamental incompleto
Experiência na função
Obrigatório possuir CNH D
01 VAGA

MOTORISTA DE ÔNIBUS
Ensino fundamental incompleto
Experiência na função
Obrigatório possuir CNH D e Curso de Transporte Coletivo de Passageiros
01 VAGA

Os interessados deverão se dirigir à unidade do SINEBAHIA, localizada na Secretaria de Trabalho e Assistência Social – Avenida Barreiras, nº 795, Centro – Luís Eduardo Magalhães, munidos de CARTEIRA DE TRABALHO, RG, CPF e COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA, para realização do cadastro.

Fonte:Blog Douglas Batista/Ascom Prefeitura Municipal LEM
( )

Fonte:Grupo Santo Antonio
( )

Fonte:Grupo Santo Antonio
( )

Promoção Válida de 14/11/2017 à 27/11/2017.

Fonte:Grupo Santo Antonio
( )

Fonte:Grupo Santo Antonio
( )

Fonte:Grupo Santo Antonio
( )

O Drogão Popular é credenciado na rede AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR idealizada pelo ministério da Saúde que oferece remédios de graça para ASMA, HIPERTENSÃO e DIABETES através do programa Saúde Não Tem Preço.

Drogão Popular, situado no cruzamento das Ruas Paraíba e São Francisco, em frente à Praça do Colégio Ottomar Schwengber.

Fonte:Blog Douglas Batista/Informe Publicitrio
( )

Elisângela Adriana da Silva, foi a entrevistada do segundo dia da série especial sobre a eleição para a nova diretora do Sindicato dos Servidores Públicos de Luís Eduardo Magalhães, SINSERPLEM da Moderna FM 92.1. Na última terça-feira, (21), ela falou sobre as principais propostas da Chapa 2: “um sindicato em defesa de todas as classes”, na qual ela concorre a presidência.

A eleição acontece no próximo dia 30 de novembro, das 12h às 20h, na sede do sindicato, na Rua Cleriston Andrade. A Chapa 2 traz 28 proposições, entre as principais, segundo Elisângela, é “promover a reformulação do Plano de Carreira, Cargos e Salários dos servidores com critérios justos e objetivos”.

A “busca por parcerias com universidades, faculdades e outras entidades educacionais para oferecer, com descontos significativos o acesso dos servidores e familiares de primeiro grau a cursos de graduação, capacitação e aperfeiçoamento”, também faz parte das reivindicações.

O “aumento dos vencimentos salariais, garantias e vantagens dos cargos de assistentes administrativos, serviços gerais, motoristas, técnicos de enfermagem, entre outras classes” compõe a luta. Reorganizar, aprimorar e ampliar os serviços de assistência jurídica especializada para os filiados, ampliando os plantões e acompanhamento dos processos também. “O servidor chega no serviço público sem saber dos seus direitos e deveres, por isso vimos essa necessidade”, afirmou. Além da construção da sede própria.

Desafio

“O nosso maior desafio será manter um bom relacionamento e reconquistar: trazer de volta o diálogo para o sindicato, porque sem diálogo a gente não consegue nada. O sindicato não trabalha sozinho, ele trabalha em conjunto com a gestão. Outro ponto é criar um sentimento de cumplicidade entre as categorias, porque todos somos servidores ”.

O que deve ser mantido

“A gente pretende manter e ampliar os convênios. Se a gente tem desconto, é lógico que o filiado vai ficar mais contente”.

Relacionamento com o governo

“O sindicato ele não é situação ou oposição. A gente tem o filiado e a gente vai defende-lo, a gente não tem partido político. O nosso partido é o SINSERPLEM. Então se tivermos problemas, vamos defender o servidor, até porque é o que a lei assegura. Somos livres de poder político. Se o gestor é bom para nós, vamos junto com ele, se o gestor não está junto com a gente, vamos lutar, restabelecer a conversa e tentar resolver da melhor forma possível”. 

Fonte:Por Raquel Santana/Blog Douglas Batista
( )


| Todos os Direitos Reservados |
656850 Visitas